Minha lista de blogs

domingo, 28 de agosto de 2011

Traição!


O que se considera traição?

         Falar de traição não e fácil, até porque para entender traição e preciso entender um pouco de amor e me diz quem entende sobre esse sentimento que nos faz tão bem e ao mesmo tempo nos destrói!
          Traição o que é traição? Como todo mundo sabe e simplesmente estar com uma pessoa e a troca-la por outra isso na explicação simples, mas traição não significa só trocar uma pessoa pela outra ou manter relacionamento com as duas, a traição começa nos pensamentos nos olhares pra depois passar pelas atitudes.
           A quem diga que só é traição se tiver amor no sexo, será? na verdade só o simples fato de você olhar pra uma pessoa dizer a ela te amo e ao se virar beijar outra pessoa já é uma traição, uma vez ouvi:

"Se você esta com duas pessoas, fique com a segunda 
porque se realmente amasse a primeira não teria olhado para outra"

            Será que essa frase serve para todas as pessoas, acho que não pois coração não tem rumo as vezes ele próprio se prega peças, as vezes nosso sentimento esta tão confuso que é preciso algo tentar atrapalhar pra gente perceber o quanto amamo uma pessoa e o quanto ela e importante na nossa vida.
            Essa semana escutei beijar não e traição kkkk dei uma risada na hora, foi ilário escutar isso que história e essa que beijo não e traição, em um relacionamento o beijo e mais profundo que sexo, quando você beija uma pessoa esta se entregando para se beijar uma pessoa e preciso existir uma química muito forte pois beijo e uma troca de carinho de afeto de confiança e um ato que muitas vezes faz toda a diferença e supera muito o sexo, o beijo fala por muitas coisas, eu te amo, confia em mim,  estou aqui, não chore etc...
             Traição por mais que seja em um olhar ja e traição ela machuca ela maltrata, mas existem controversas pois existem pessoas que se submetem a muitas coisas por amor, sendo o famosa "outra" mas pior e quem faz isso quem fica usando as pessoas pelo seu propício prazer.
                   Pense muito bem antes de magoar uma pessoa pois não a coisa pior que acontece e iludir uma pessoa despertar um sentimento em algum sem a intenção de corresponder.


Paixão...

“As paixões são como ventanias que sopram as velas dos navios, fazendo-os navegar; outras vezes podem fazê-los naufragar, mas se não fossem elas, não haveriam viagens, nem aventuras, nem novas descobertas.”

Falsidade...


Já tive muitas amigas que me prometeram amizade eterna que juravam de pés juntos que era minha amiga de verdade,pois bem o tempo passou e a vida me mostrou quem realmente era aquelas pessoas que tanto me falavam de amizade eterna e eu me decepcionei com elas,mais tem uma em especial que eu jamais irei perdoar e eu sempre senti um certo tom de falsidade nela,sempre soube que um dia ela ia fazer uma coisa imperdoável comigo pois é ela vez.
Pediu para sair com o meu ex namorado sendo que nem fazia um mês que agente tinha largado e naquele tempo(faz muito tempo) eu o amava  e ela sabia.
Ainda quando eu fui pergunta para ela ,ela me respondeu a verdade e começou a chora que BITCH, mais tudo bem tentei empurrar com a barriga,mais sinceramente não sou falsa o bastante para fingir que nada aconteceu.
Um belo dia eu simplesmente cortei a amizade e nunca mais falei com ela..O povo daqui nem sabe o por que que eu cortei a amizade e também nem é necessário saber um dia a mascara dela cairá eu estarei de camarote assistindo e baterei muitas pasmas pela derrota dela.
O mundo da voltas,um dia a hora dela vai chegar :D 

quinta-feira, 25 de agosto de 2011

♥♥


As pessoas especiais são aquelas, que realmente tornam a vida mais bela!
procuramos tanto algo que se chama felicidade que nessa busca não percebemos quantas vezes fomos felizes.
Queremos tanto o impossível, que não percebemos quanta coisa ainda é possível.
Sonhamos tanto com os melhores momentos, que só percebemos quando eles já se foram.
Por isso viva somente o presente aproveitando ao máximo todos os momentos felizes que te acontecerem.
Dos momentos tristes, guarde somente a experiência que eles deixarem.
Porque as tristezas deverão ser apenas intervalos entre as alegrias.



terça-feira, 16 de agosto de 2011

A Vida é Um Livro Aberto.

Por que amamos quem NÃO nos ama, e não amamos quem nos ama?
Eis o primeiro erro : "...mas sem ele não somos nada...".
É claro que somos! Sempre seremos nós, amando ou não, sendo amados ou não.
Amar e ser amado, é circunstancial. Sermos nós mesmos, é essencial.
Pq machuca? Pq a gente idealiza, simples assim.
Não queremos ser amados, da maneira que a outra pessoa pode nos amar, do jeito que ela sabe. Queremos serenatas, holofotes, confetes, pétalas de rosas, jogadas de um helicóptero, sobre a nossa casa...aí, complica, né?
Outro detalhezinho : queremos que o outro seja como sonhamos. Não abrimos mão disso.
Cada vez mais, vejo que as pessoas preferem viver uma ilusão, do que enxergar o outro como realmente é. Preferem viver o amor de conto de fadas, e não o real.
Amar uma pessoa perfeita, caso existisse alguma, seria tão fácil qto inútil.
A gente não escolhe a quem amar, e isso, é claro, pode gerar sofrimento, se não formos correspondidos. Porém, se isso acontecer, qdo nos recuperarmos, vamos buscar um novo amor que valha por dois, três, quatro ou tantos qtos forem os amores frustrados, que já tivemos. Sendo assim, a responsabilidade do próximo "alvo" do nosso amor, aumenta, e, conseqüentemente, as chances dessa pessoa fracassar nessa "missão impossível", também.
Eu acho que o amor que a gente sente, pertence a nós, é responsabilidade nossa.
Se a outra pessoa aceitar compartilhar, ótimo, se não, já nos faz feliz (o amor), pelo simples fato de estar em nós.



sexta-feira, 12 de agosto de 2011

A vida é cheia de escolhas?!.

Escolhas boas ou más, perseguem-nos pela vida fora influenciando as nossas decisões, abrindo novos horizontes, fechando velhas portas. Uma escolha, um conjunto de factores que analisamos emocionalmente, mentindo a nós próprios dizendo que estamos a tomar a atitude certa, ou iludindo-nos na fantasia de estarmos a ser lógicos e racionais.

As escolhas que tomamos afectam os outros, por vezes mais do que pensamos, mas apesar de existirem variados níveis de ponderação, a dificuldade de escolhermos prende-se com um simples facto: irá ou não afectar a minha vida?
Quando realmente afecta, a nossa mente transforma-se num emaranhado de pensamentos, emoções e ideias que desafiam a lógica… um novelo de lã em que tentamos encontrar o centro sem o desenrolar… quando por vezes tudo não passa de uma balança pendente para um sim ou para um não. Apenas temos que escolher. Depois de escolhermos, há que tomar uma decisão. Ou seguimos a nossa escolha, ou não seguimos, e encontramo-nos outra vez perante outra escolha… uma sala com duas portas em que temos de escolher pela qual sair. Duas austeras portas… por mais que espreitemos pela fechadura só podemos especular sobre o que está do outro lado e isso, é a nossa incapacidade de tomarmos as escolhas correctas.

Olho para trás. Penso, reflicto, navego pela memória do passado... fiz escolhas correctas, mas infelizmente, no tempo errado. Podem dizer que este pensamento é uma ilusão, mas perante este mundo pergunto-me, se as escolhas que fizemos, também não se basearam em ilusões.

quinta-feira, 11 de agosto de 2011

Um dia você aprende que...

Depois de algum tempo você aprende a diferença, a subtil diferença entre dar a mão e acorrentar uma alma.
E você aprende que amar não significa apoiar-se, e que companhia nem sempre significa segurança.
E começa a aprender que beijos não são contratos  e presentes não são promessas
E começa a aceitar suas derrotas com a cabeça erguida e olhos adiante, com a graça de um adulto e não com a tristeza de uma criança.
E aprende a construir todas as suas estradas no hoje, 
porque o terreno amanhã é incerto demais para os
planos, 
e o futuro tem o costume de cair em meio ao vão. 
Depois de um tempo você aprende que o sol queima 
se ficar exposto por muito tempo.
E aprende que não importa o quanto você se importe, 
algumas pessoas simplesmente não se importam...
E aceita que não importa quão boa seja uma pessoa, 
ela vai feri-lo de vez em quando 
e você precisa perdoá-la por isso.
Aprende que falar pode aliviar dores emocionais.
Descobre que se leva anos para se construir confiança 
e apenas segundos para destrui-la, 
e que você pode fazer coisas em um instante, 
das quais se arrependerá pelo resto da vida.
Aprende que verdadeiras amizades continuam a crescer 
mesmo a longas distâncias.
E o que importa não é o que você tem na vida, 
mas quem você tem na vida.
E que bons amigos são a família que nos permitiram
escolher.
Aprende que não temos que mudar de amigos 
se compreendemos que os amigos mudam, 
percebe que seu melhor amigo 
e você podem fazer qualquer coisa, 
ou nada, e terem bons momentos juntos.
Descobre que devemos deixar as pessoas que amamos com
palavras amorosas, 
pode ser a última vez que as vejamos.
Aprende que as circunstâncias e os ambientes 
tem influência sobre nós, 
mas nós somos responsáveis por nós mesmos.
Começa a aprender que não se deve 
comparar com os outros, 
mas com o melhor que pode ser.
Descobre que se leva muito tempo 
para se tornar a pessoa que quer ser,
e que o tempo é curto.
Aprende que não importa onde já chegou, 
mas onde está indo, mas se você não
sabe para onde está indo, 
qualquer lugar serve.
Aprende que, ou você controla seus actos 
ou eles o controlarão, e que ser
flexível não significa ser fraco 
ou não ter personalidade, 
pois não importa quão delicada
e frágil seja uma situação, 
sempre existem dois lados.
Aprende que heróis são pessoas
que fizeram o que era necessário fazer,
enfrentando as consequências.
Aprende que paciência requer muita prática.
Descobre que algumas vezes 
a pessoa que você espera que o chute,
quando você cai é uma das poucas 
que o ajudam a levantar-se.
Aprende que maturidade tem mais a ver 
com os tipos de experiências que se
teve, e o que você aprendeu com elas, 
do que com quantos aniversários você celebrou.
Aprende que há mais dos seus pais em você 
do que você supunha.
Aprende que nunca se deve dizer 
a uma criança que sonhos são bobagens,
poucas coisas são tão humilhantes, 
e seria uma tragédia se ela acreditasse nisso.
Aprende que quando está com raiva 
tem o direito de estar com raiva, mas isso
não lhe dá o direito de ser cruel. 
Descobre que só porque alguém não o ama do
jeito que você quer que ame, 
não significa que esse alguém não sabe amar,
contudo, o ama como pode, 
pois existem pessoas que nos amam, 
mas simplesmente não sabem como demonstrar 
ou viver isso.
Aprende que nem sempre é suficiente 
ser perdoado por alguém, 
algumas vezes você tem que aprender 
a perdoar-se a si mesmo.
Aprende que com a mesma severidade com que julga, 
você será em algum momento condenado.
Aprende que não importa em quantos 
pedaços seu coração foi partido, 
o mundo não pára para que você o conserte. 
Aprende que o tempo não é algo que possa
voltar para trás, portanto, plante seu jardim 
e decore sua alma, 
ao invés de esperar que alguém lhe traga flores...
E você aprende que realmente pode suportar... 
que realmente é forte, 
e que pode ir muito mais longe depois de 
pensar que não se pode mais.
E que realmente a vida tem valor
e que você tem valor diante da vida!
Nossas dúvidas são traidoras 
e nos fazem perder o bem que poderíamos
conquistar, se não fosse o medo de tentar. 
 
Willian Shakespeare